segunda-feira, 13 de março de 2017

2.ª Conferência - Lisboa Conventual: Reconstrução Digital de Património Arquitectónico



A investigadora Ana Gil será a oradora convidada para a 2.ª Conferência do Ciclo "Novos estudos e novos olhares sobre a cidade: Lisboa do terramoto à Revolução de Abril" a realizar já no próximo dia 29 de Março, na sede da UACS, no n.º14 da Rua Castilho, em Lisboa. Deixamos abaixo um resumo da conferência, bem como o link para um artigo mais completo sobre o assunto.


Resumo: O Património é entendido como o conjunto das obras do homem nas quais uma comunidade reconhece valores e com os quais se identifica. A memória, por sua vez, é testemunho da herança de gerações passadas e origina a consciência de identidade cultural, onde a assimilação por parte da comunidade tem um papel fundamental para a sua preservação e salvaguarda, através da educação, investigação, ciência e turismo.
As casas religiosas de Lisboa representam um vasto património arquitectónico que marcou e ainda marca a imagem da cidade. Não existindo uma percepção global da sua importância, torna-se essencial estudar e divulgar a realidade passada e presente. Neste sentido, com base na Carta de Londres e nos Princípios de Sevilha, foram elaboradas reconstruções digitais de três conventos de Lisboa que vêm possibilitar o estudo, preservação e divulgação do património arquitectónico. A produção de dados gráficos, suportada por um estudo da escala da cidade à escala do edifício, destaca-se pelo desenvolvimento de modelos tridimensionais que evoluem em paralelo com a fase de investigação e com próprio ciclo de vida do conjunto arquitectónico. Para tal, desenvolveu‑se uma metodologia cíclica, com geometria associativa e paramétrica - modelos BIM -, baseada na elaboração de modelos digitais, permitindo adicionar informação a qualquer momento.

Pretende-se, assim, com a presente comunicação apresentar como teriam sido alguns destes espaços conventuais à data da extinção das ordens religiosas e mostrar como parte deles, ou no seu todo, permanecem subtilmente até aos dias de hoje. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Instituições Organizadoras

Instituições Organizadoras